Pular para o conteúdo principal

Um dia Memorável

UM DIA MEMORÁVEL!

“Edificarei a minha igreja e as portas do inferno não subsistirão sobre ela”. Mateus 16:18

Queridos amigos, o último sábado foi memorável na nossa vida e na vida de nossa igreja. Sentimos-nos, como diz a Escritura: “como quem sonha”.
Foi um culto especial, grandioso, muitos presentes, nossos amigos, nossos colegas pastores, igrejas do município, foi maravilhoso nosso culto de organização da igreja!

Mostrarei abaixo, um pouco desse DIA MEMORÁVEL.

Foi muito agradável ver as pessoas chegando, nossa igreja mãe, a igreja Batista Boa novas de Novo Hamburgo foi a primeira a chegar, um ônibus lotado e mais alguns carros. Também tivemos a participação da Igreja Batista Central em Porto Alegre, Igreja Internacional da colheita de Igrejinha, Assembléia de Deus de Igrejinha e igreja do Evangelho Quadrangular de Igrejinha, congregação Batista em Canela.

De Igrejinha e Três Coroas muitas pessoas estavam presentes, algumas pela primeira vez e outros já sendo trabalhados e prestes a uma conversão.

O Culto começa com uma comoção especial por parte de nossa igreja, um sonho estava sendo realizado naquele momento. O louvor foi brilhantemente conduzido pelo grupo de louvor de nossa igreja mãe. Fomos levados à adoração de uma forma natural e profundamente espiritual.

A presença do grupo voz e vida, grupo vocal feminino, da Igreja Batista Central em Porto Alegre, alegrou corações. Com melodias harmoniosas e letras profundas, causou introspecção em todos os presentes.

Momento precioso. Tive o privilégio de chamar para contar seu testemunho a irmã Kelen, médica no município, hoje residente em outra cidade, foi a primeira pessoa na igreja, abriu a porta de sua casa para que o trabalho pudesse começar. Foi um momento muito especial e emocionante.

Momento marcante foi a participação musical da Patrícia. Há três anos atrás toalmente longe de Deus, a reintegramos aos caminhos do Senhor, batizei o moço que hoje é seu marido e participa do grupo de louvor da igreja, fiz seu casamento e apresentei sua filha. Foi uma alegria vê-la usar o seu dom para a gloria de Deus.

O culto foi dirigido pelo pastor Keneth Bayer, pastor da nossa igreja mãe. Homem de Deus, que nos deu apoio em todos os momentos. Agradecemos muito a Deus pela confiança que esse homem dedicou em nosso ministério.

Nesse dia também se realizou a minha posse como pastor titular da igreja, as mãos foram impostas sobre minha esposa e eu. Momento muito emocionante e marcante.

O pregador ocasional foi o Pr. Niander Winter, pastor da igreja Batista Central em Porto Alegre. Foi nosso pastor antes de virmos para Igrejinha, evangelizou minha esposa, fez nosso casamento, me indicou para trabalhar no Seminário Teológico em Porto Alegre, promoveu minha ordenação. Foi uma alegria e uma honra para nós ele ter sido o pregador. Pregou sobre as marcas da igreja. Foi bênção!

Tivemos a presença que muito nos honrou do diretor executivo da convenção das Igrejas Batistas do Estado do Rio Grande do sul, irmão Egon Grim Berg e sua esposa, que também trouxe uma mensagem de felicitação a Igreja.

Pastor Milton Antonio Lemes de Campos, missionário da Primeira Igreja Batista em Campo Grande/RJ, está plantando uma igreja em Canela/RS, foi o secretário do concílio examinador.

Nosso departamento de audiovisual tem gravado nossos cultos dominicais. No sábado, colocaram a disposição dos presentes, CDs com as mensagens dos domingos à noite em áudio e camisetas para os convidados levarem como lembrança. É bom ver o povo se movimentando e a liderança se desenvolvendo.

Foi grandioso, até hoje estamos glorificando ao Senhor por tanta bondade. Para um missionário como eu, organizar uma igreja é uma sensação inexplicável. Minha oração é que possamos colher cada vez mais frutos, e que em um período não muito grande, Igrejinha seja do Senhor Jesus.

Peço que continuem orando por nós, agora mais que nunca precisamos da direção e da orientação diária do Senhor para sabermos como agir. Estamos em uma região difícil para o evangelho, mas cremos que Deus tem poder para transformar tudo o que é difícil para glorificar o Seu nome.

A Ele toda a honra e toda a glória!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vendavais

Pegue-se olhando uma árvore no tempo, o vento soprará e ela irá pra lá e pra cá em um movimento suave e harmonioso. Essa mesma árvore em meio a um vendaval, seu movimento se tornará agitado, complexo e desarmonioso! E não estando bem enraizada, cairá.

Assim somos nós, árvores, nas quais soprando os vendavais da vida. Nossas raízes precisam ser profundas e fortes na Palavra que é o solo que nos sustenta; é necessário buscar a obediência, a fé, a perseverança, a confiança, a atitude, em nos esvairmos de nós mesmos e nos enchermos de Deus. .

Não serão poucas às vezes em que a angústia, a saudade, as boas lembranças, mas também as decepções nos alcançarão. É como o vendaval que torna o movimento desarmonioso, nos afastando, mesmo que por um momento do que nos mantém de pé.

Um bom exemplo de raiz profunda foi o Jovem Davi, o qual diante de um tufão chamado Golias, firmado em Deus, sua essência, triunfou! Ele não enfrentou somente o gigante Golias, também precisou lidar com suas limi…
ALEGRIA - Postura positiva ou emoção favorável; deleite. A Bíblia menciona vários tipos de alegria. Até mesmo os ímpios podem experimentá-la quando triunfam sobre os justos (1 Co 13.6; Ap 11.10).

Entretanto, a alegria que o povo de Deus precisa ter é santa e pura. Ela se mantém viva apesar das circunstâncias e concentra-se no caráter de Deus.

O salmista, por exemplo, regozijou-se com a justiça (71.14-16), com a salvação (21.1; 71.23), com a misericórdia (31.7), a criação (148.5), a Palavra (119.14, 162) e a fidelidade de Deus (33.1-6).

As características divinas, bem como seus atos, são a causa desse regozijo.

A alegria exigida do justo vem do Espírito de Deus. Esse tipo de alegria focaliza além do presente ela enxerga a salvação futura (Rm 5.2; 8.18; 1 Pe 1.4,6) e ela enxerga o nosso Deus soberano, que faz com que todas as coisas cooperem para o bem.

Esse tipo de alegria distingue-se do mero contentamento. É possível ter alegria mesmo em meio à tribulação (1 Co 12.26; 2 Co 6.10; 7.4).

ESTÁ…