Pular para o conteúdo principal

Onde estamos e para onde vamos?

Nova Orleans debaixo d'água, após um furacão arrasador, que destroçou milhares de moradias, varreu bairros e trouxe a ficção à realidade nua e crua. Os americanos contam seus mortos, choram por suas famílias, e vêm a fúria e a força dos incontroláveis ventos e da natureza.

Portugal em chamas. As vegetações dos arredores de Coimbra e região, ardem como o inferno, numa temperatura de centenas de graus Celsius, incandescendo casas, ruas, árvores, animais e sítios, numa patética cena de catástrofe. As chamas ardem e arrasam as florestas e lavouras da Espanha também, e mobilizam bombeiros de toda a Europa.

A Alemanha e a Áustria vêm suas cidades e vilarejos arrasados com tempestades imensas, chuvas torrenciais, que transbordam rios e córregos, e imergem lugares inteiros. Roteiros históricos, pontos turísticos, fazendas, plantações, tudo se destrói, com a fúria das águas, dos ventos e das tempestades.

Na China os tufões varrem a costa, levando tristeza e desespero a todas as províncias daquela nação hiperpopulosa. Ao mesmo tempo, nunca se viu na Índia, chuvas, ventos, tempestades e tragédias climáticas tão gigantescas e profundas. Aviões enormes, com centenas de passageiros, estão caindo em todos os continentes, alguns por motivos ainda inexplicáveis, ceifando vidas preciosas.

No Pólo Sul uma grande geleira se descola do bloco maior, devido ao derretimento das calotas, que já assusta até os mais céticos e incrédulos políticos populistas, que teimam em não fazer nada para deter o buraco na camada de ozônio. A Sibéria, local mais gelado da Rússia, está derretendo, aumentando grau por grau a sua temperatura. Longe de ser uma bênção, isso representa o desastre de toda a Europa, pois o equilíbrio se quebrou, e o mar subirá com águas avassaladoras.

No Brasil o inverno chega a 40 graus centígrados no Rio de Janeiro, e todo o sudeste está assando, como se estivesse no auge e apogeu do verão. No sul do país, antes conhecido pelo clima moderado e controlado, agora é palco dos tornados americanos, e vê cidades varridas do mapa, em ventos que descem a 200 quilômetros por hora, e que, em 1 minuto, colocam o mundo em pânico. Os meteorologistas prenunciam um grande "ciclone" para hoje e amanhã, com ameaça às vidas dos sulistas; um termo apenas diferente na intensidade para a outra palavra, que dói e faz arrepiar: F U R A C Ã O !!!

Atenção: isto não é ficção! Não se trata de estórias de suspense! Estamos falando dos fatos que estão acontecendo HOJE, AQUI, AGORA.

O Planeta Terra cambaleia como um ébrio. Até o mais extremista cético ateu reconhece que o homem conseguiu destruir o equilíbrio do sistema, e teme pela grande catástrofe apocalíptica. “De todo cambaleará a terra como o ébrio, e será movida e removida como a choça de noite; e a sua transgressão se agravará sobre ela, e cairá, e nunca mais se levantará." (Is 24:20)

Em todo o mundo acendem-se os sinais amarelos, atenção e perplexidade em extremo. "E haverá em vários lugares grandes terremotos, e fomes e pestilências; haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu." (Lc 21:11)

É hora de refletir, onde estamos e para onde vamos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vendavais

Pegue-se olhando uma árvore no tempo, o vento soprará e ela irá pra lá e pra cá em um movimento suave e harmonioso. Essa mesma árvore em meio a um vendaval, seu movimento se tornará agitado, complexo e desarmonioso! E não estando bem enraizada, cairá.

Assim somos nós, árvores, nas quais soprando os vendavais da vida. Nossas raízes precisam ser profundas e fortes na Palavra que é o solo que nos sustenta; é necessário buscar a obediência, a fé, a perseverança, a confiança, a atitude, em nos esvairmos de nós mesmos e nos enchermos de Deus. .

Não serão poucas às vezes em que a angústia, a saudade, as boas lembranças, mas também as decepções nos alcançarão. É como o vendaval que torna o movimento desarmonioso, nos afastando, mesmo que por um momento do que nos mantém de pé.

Um bom exemplo de raiz profunda foi o Jovem Davi, o qual diante de um tufão chamado Golias, firmado em Deus, sua essência, triunfou! Ele não enfrentou somente o gigante Golias, também precisou lidar com suas limi…
ALEGRIA - Postura positiva ou emoção favorável; deleite. A Bíblia menciona vários tipos de alegria. Até mesmo os ímpios podem experimentá-la quando triunfam sobre os justos (1 Co 13.6; Ap 11.10).

Entretanto, a alegria que o povo de Deus precisa ter é santa e pura. Ela se mantém viva apesar das circunstâncias e concentra-se no caráter de Deus.

O salmista, por exemplo, regozijou-se com a justiça (71.14-16), com a salvação (21.1; 71.23), com a misericórdia (31.7), a criação (148.5), a Palavra (119.14, 162) e a fidelidade de Deus (33.1-6).

As características divinas, bem como seus atos, são a causa desse regozijo.

A alegria exigida do justo vem do Espírito de Deus. Esse tipo de alegria focaliza além do presente ela enxerga a salvação futura (Rm 5.2; 8.18; 1 Pe 1.4,6) e ela enxerga o nosso Deus soberano, que faz com que todas as coisas cooperem para o bem.

Esse tipo de alegria distingue-se do mero contentamento. É possível ter alegria mesmo em meio à tribulação (1 Co 12.26; 2 Co 6.10; 7.4).

ESTÁ…

Melhor presente

Não tenho medo da morte porque sei que ela vai me levar um dia para junto de Deus, o que sinto é tristeza por ter que deixar esses três. De todas as alegrias que já tive nenhuma se iguala a honra que minha esposa me deu de ser pai, de gerenciar um ser que não é meu, mas do Senhor.
Não sou perfeito e nem busco ser herói para meus filhos, prefiro ensiná-los através da minha humanidade, das virtudes, mas também das debilidades e falhas, eles precisam ver que eu não sou perfeito, mas que em toda a minha vida eu tentei ser bom e amigo.
Se depois de minha partida quiserem dizer algo sobre mim, que possam erguer a voz com orgulho e dizer: foi meu amigo e me quis mais perto de Deus.
Meu desejo é viver com minha família como quem sabe que vai morrer um dia, e que eu morra como quem soube viver.
Como disse o apóstolo: esquecendo das coisas que ficaram para trás e prosseguindo para o alvo...